Um português na FIA!

Nuno Costa é natural de Braga e trabalha no departamento de Segurança da Federação Internacional do Automóvel (FIA) em Genebra, na Suíça. O AutoSport revela o trabalho deste português responsável pela homologação de equipamentos que salvam a vida a milhares de pilotos em todo o mundo.

nunocosta-f9f8

É um dos poucos portugueses que trabalham a full time na Federação Internacional do Automóvel. Pode explicar em que consiste a sua função?
“Estou inserido no departamento de Segurança da FIA, na Suíça, onde sou responsável pela homologação de equipamentos de segurança, desde capacetes, cintos de segurança, travões, a depósitos de combustível, entre outros. Quando um fabricante nos envia um produto, por exemplo a Sparco ou a OMP, eu comparo as suas características com as normas e padrões da FIA e coordeno a sua homologação. Além disso, também atualizo e crio regulamentos nesta área, e estou ainda ligado à aprovação de laboratórios externos que realizem testes e investigação para nós.
O departamento de Segurança em Genebra está dividido em três sub-departamentos: Médico, que trata por exemplo das normas e controlos anti-doping; Circuitos, que coordena a homologação e simulação de pistas; e Homologação de Equipamentos, que é onde eu trabalho.
Foi comissário técnico no Clube Automóvel do Minho e fez a licenciatura e doutoramento em Engenharia Mecânica na Universidade do Minho. Pode detalhar um pouco mais o seu percurso até chegar à FIA?
Comecei a colaborar com o C.A.M. quando tinha 13 anos, sempre tive uma paixão enorme pelo desporto automóvel, desde os ralis à Fórmula 1. Fui tendo várias funções nas provas do clube, principalmente como comissário técnico, inclusive em provas internacionais como o karting, a Rampa da Falperra e o Europeu de Turismos (ETCC). Além disso, fui comissário técnico no Rali de Portugal, que é algo que ainda hoje gosto de fazer até para rever amigos agora que estou mais longe, e cheguei a ser comissário técnico-chefe do Mundial de Karting de 2009 em Macau. Foi através destes eventos internacionais que fui conhecendo as pessoas da FIA, fui percebendo este meio e explorando cada vez mais o lado dos regulamentos técnicos.
Fiz a tese de doutoramento na empresa Mahle, que fornece componentes de motores para várias marcas, inclusive na Fórmula 1. Nessa altura soube que tinha aberto uma vaga para o FIA Institute, que é uma entidade independente da FIA que faz investigação e desenvolvimento de sistemas inovadores que possam melhorar a segurança das provas. Perguntei a um dos elementos da FIA que eu tinha conhecido no Rali de Portugal e ele disse que como o Institute era algo separado, não sabia como concorrer mas que havia necessidade de uma pessoa na própria FIA para a homologação de equipamentos de segurança. Enviei o meu currículo e chamaram-me para começar a trabalhar em Genebra em Março de 2011.”
O capítulo da segurança foi assumindo cada vez maior preponderância nas grandes competições internacionais e o certo é que, hoje em dia, o número de mortes por exemplo na Fórmula 1 ou nos ralis é muito menor do que há duas décadas atrás.

A que se deveu este salto qualitativo?
“Sobretudo ao investimento feito na investigação e desenvolvimento de novas tecnologias e à análise rigorosa dos acidentes que foram acontecendo. Hoje em dia, qualquer acidente no automobilismo, seja fatal ou não, pode ser reconstituído com grande precisão e conseguimos perceber o que correu bem ou mal, a eficácia dos sistemas, as suas vulnerabilidades. Depois há toda uma equipa multidisciplinar na FIA, desde médicos a engenheiros, que analisam todas as vertentes possíveis de modo a reduzir os riscos para o piloto. É disto que se trata: investigar, desenvolver e reduzir os riscos ao máximo. Foi esta mentalidade que permitiu poupar imensas vidas nos últimos anos e que continua a orientar o nosso trabalho.”
Qual é o grande projeto que a FIA tem em mãos na área da segurança?
“Quando cheguei à FIA fiquei maravilhado com os recursos à nossa disposição e com o que ainda é possível fazer para melhorar a segurança dos pilotos e das provas em todo o mundo. Um dos projetos mais recentes, lançado este ano, é uma base de dados sobre acidentes à escala mundial, que permitirá recolher imensos dados e estatísticas que depois podem ajudar a FIA e as federações nacionais. Hoje em dia, talvez o nosso grande desafio seja trazer o nível de segurança que já existe em grandes campeonatos como a Fórmula 1, o WTCC ou o WRC para as categorias mais baixas, para as competições nacionais sem que isso acarrete um aumento incomportável dos custos.”
Como português que chegou a uma organização de topo na sua atividade, que conselhos daria a outros jovens portugueses que tenham o sonho de trabalhar no automobilismo mundial?
“Sobretudo que nunca pensem que é impossível. Não concordo com aquele complexo de inferioridade que por vezes existe em Portugal. Basta ter paixão e foco, é preciso concentrarem-se no seu objetivo, trabalharem muito e compreenderem que as grandes conquistas envolvem sacrifício. Eu trabalho com pessoas de várias nacionalidades, desde franceses, a turcos, a angolanos, a suíços. Nunca me senti menosprezado por ser português. A competência e a ambição não têm nacionalidade.”

Trabalhar com Charlie Whiting
Imerso no centro de decisões da FIA no que toca à segurança, Nuno Costa já se habituou a ter reuniões e conferências com os principais elementos ligados à federação internacional. Do veterano Peter Wright (consultor de investigação do FIA Institute) ao mediático diretor de prova da Fórmula 1, Charlie Whiting, o jovem português diz que as principais mentes da segurança do desporto são também pessoas de trato fácil. “Se pensarmos em pessoas como o Charlie Whiting, com toda a experiência e estatuto que ele tem na Fórmula 1, podemos achar que são pessoas algo inacessíveis mas na realidade é o contrário. São pessoas extremamente abertas ao diálogo, prontas a debater os assuntos com o máximo empenho e abertura. O único problema é que também são pessoas extremamente ocupadas e normalmente não temos muito tempo para conversar.”
Nuno Costa também refere não ter conhecimento direto de outro português que trabalhe na FIA a tempo inteiro, apesar de conhecer os casos de colaboradores como Eduardo Freitas, atual diretor de corrida do Mundial de Resistência (e no passado do WTCC), ou Carlos Barros, ex-diretor da Peugeot Sport Portugal que passou a delegado técnico no WTCC e no Europeu de Camião Racing. “Ainda não tive grande contacto com eles. Uma pessoa que me ajudou imenso foi o engenheiro João Rito, que está ligado ao C.A.M. e que chegou a ser comissário técnico da FIA no karting”, refere Nuno Costa. “Somos poucos mas normalmente neste meio temos reconhecimento pela competência.”

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

INFO > Foto do-dia

algarvehoje NEWS – está de volta com a Foto do-dia!

algarve-hoje1000x288(Clique no banner)

…bemvindos!

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Baja Terras de Alcoutim 2014-Promo

baja

Vídeo Promocional da Baja Terras de Alcoutim 2014, elegível para os principais campeonatos nacionais de TT – autos, motos, quads e buggys. Apresentando na Bolsa de Turismo de Lisboa-BTL, no espaço Algarve, durante a apresentação da prova. Imagens_Movielight, A2 Comunicação e Alcoutim.net, edição de Nuno Fontainhas:

CAAL logo(Clicar no logo)

 

 

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Troféu de Rallysprint do Sul arranca em Loulé

Cartaz Rallye Sprint Estádio

Troféu de Rallysprint do Sul arranca em Loulé!
O panorama nacional nos desportos motorizado está em mudança e necessita de adaptar aos tempos modernos. O Clube Automóvel do Algarve, em parceria com o Clube Automóvel do Sul, optaram por unir esforços e criar um novo troféu, usando o formato rallypsrint, que permite aos adeptos dos ralis participar num evento compacto e económico, mas igualmente apelativo e competitivo, sem esquecer a aproximação ao público.
Dia 26 de Abril, Sábado, decorrerá a primeira prova – o RallySprint de Loulé, que será disputado nas imediações do Estádio Algarve, na zona do Parque das Cidades. Totalmente disputada em pisos de asfalto, a prova é constituída por cinco especiais, totalizando 24 km’s, com o período de reconhecimentos na parte da manhã, e a parte competitiva com início às 14:00. O rali é aberto a todo o tipo de viaturas com carácter desportivo com passaporte técnico FPAK, e os participantes devem ter licença desportiva válida.
Calendário provisório do Troféu de Rallysprint do Sul:
Abril 26  – Rallypsrint de Loulé CAAL
Junho 29 – Especial Sprint de Lagoa/Fatacil CAS
Julho 12  – Rallysprint do Ameixial CAAL
Agosto 24  – Especial Sprint de Estoi CAS
Setembro 13  – Rallysprint CAAL CAAL
Outubro 12  – Especial CAS CAS.
Organizada pelo Clube Automóvel do Algarve (CAAL), o Rallysprint de Loulé conta com o patrocínio de Solverde-Casinos do Algarve e o apoio da Câmara Municipal de Loulé.
Consulte mais informação em http://www.clubeautomovelalgarve.pt ou

http://clubeautomovelalgarve.pt/docs/RS14/RS14.html

 

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Rally de Portugal 2014 > videos WRC

videos(CLICAR)

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

in semanário «barlavento»

barlavento.pagxx barlavento capaxx

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Final do Rally de Portugal 2014

Fotográfico Report do Vodafone Rally de Portugal 2014 – ambiente, amigos, último Service (Estádio Algarve), etc., e Pódio:

manel(Clicar na foto)

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Entrevista de Carlos Barbosa

Entrevista com Carlos Barbosa (ACP/FIA) no estúdio do Estádio Algarve de “Pilotos & Máquinas”, antes do pódio do Vodafone Rally de Portugal 2014:

_MG_4101xx


 (Clique na foto)

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Estádio Algarve – “prontos” para o Shakedown…

_MG_3723xx _MG_3725xx _MG_3726xx _MG_3729xx _MG_3730xx _MG_3731xx _MG_3732xx _MG_3737xx _MG_3738xx _MG_3741xx _MG_3742xx _MG_3743xx _MG_3746xx _MG_3749xx _MG_3750xx _MG_3752xx _MG_3754xx _MG_3755xx _MG_3757xx _MG_3759xx _MG_3765xx _MG_3767xx _MG_3770xx

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally, FIA - Independents Photographers - Algarve

Siga as “últimas” do VODAFONE RALLY de PORTUGAL 2014
AQUI:

logo-rdep-bigx.png(Clicar)

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Ogier OnBoard WRC Fafe

Ogier OnBoad Fafe(Clicar)

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

David Hasselhoff apresentou Acceleration 2014

aia-logo02-210

David Hasselhoff apresentou em Lisboa o evento Acceleration 2014 que vai decorrer no Autódromo Internacional do Algarve de 25 a 27 de Abril. Um evento de corridas de automóveis com demonstração de motos e muita música.
O actor e músico que ficou célebre nas séries televisivas ‘O Justiceiro’ onde interpretou Michael Knight ou ‘Marés Vivas’ na pele do nadador salvador Mitch protagonizará um show de música impar invocando a temática: “Celebrate de 80s and 90s with the Hoff” acompanhado de muitas estrelas.

LIVE

O Acceleration 2014 abre a sua temporada desportiva no Algarve colocando em pista, três categorias ao nível dos desportos motorizados. A atracção principal será o FA1 com 18 carros na grelha, classe que reúne os antigos carros da A1GP. O conceito destas provas, será em tudo semelhante ao A1GP, já que os pilotos correm em nome da sua nação. Todo o programa deste novo Campeonato em solo Europeu tem o aval da FIA. Para além da FA1 competirão também a classe MW-V6 (Pickups) e a Legend Super Cup. Para além dos carros vamos ter também demonstrações de motos.
Este é um evento que visa levar aos circuitos não só aqueles que gostam de desportos motorizados mas toda a família, já que a música e todas as animações decorrem em simultâneo, estando no entanto, os principais concertos programados para as noites de Sexta e Sábado. A Sexta à noite é dedicada a toda a música dos anos 80 e 90 com David Hasselhoff que promete um espectáculo nunca visto garantindo a presença do seu famoso carro na série Justiceiro, o Kitt. Para Sábado a programação nocturna contempla uma série de DJ’s internacionais como o famoso Pete Tha Zouk para uma mega ‘dance party’.
Para David Hasselhoff: “Este será um evento único como há poucos pelo mundo. Juntamos competição automóvel a espectáculos de música. A animação está assegurada em pista e fora dela. É um evento que pretende chamar todos os públicos e que se estreia em Portugal. Quem vai querer perder? Da minha parte só posso garantir que vai ser um espectáculo único com muitas surpresas e diversão!“, disse o actor norte americano.
Vídeo de apresentação do evento em:

https://www.wetransfer.com/downloads/9db91dcdb46dec3ac0c5ed031420346f20140324153418/992845f632540fa69d2104ce239450f820140324153418/57f2f5

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Últimos testes da Citroën e Hyundai

Para ver report fotográfico dos testes da Citroën na Serra de Tavira e Hyundai em Almodovar:

VRP 2014xx

(Clique no banner)

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Test Mads Ostberg

_MG_3524xx _MG_3532xx _MG_3544xxxx _MG_3564xx _MG_3572xx _MG_3590xx _MG_3601xx _MG_3611xxxxxxxx _MG_3630xx _MG_3631xx _MG_3634xx _MG_3639xx _MG_3654xx _MG_3659xx(Mads Ostberg – Citroën Total Abu Dhabi WRT, na Serra de tavira, 18.mar.2014)

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Vão três (VW) e duas para Ogier!

  POST # 2.700 – 241.557 views

Logo Rally Mexico 2014

Terceira vitória da Volkswagen este ano, segunda de Sébastien Ogier, piloto que devido ao facto de ser o primeiro na estrada demorou um pouco mais do que o costume a chegar à liderança da prova. Assim que o conseguiu, foi dilatando paulatinamente a sua margem face ao segundo colocado, que começou por ser Mads Ostberg, cedendo essa posição a Jari-Matti Latvala, depois de dar um toque e danificar a suspensão do Citroën DS3 WRC.

vw mexicoA partir daí, Jari-Matti Latvala assumiu a posição, mas nunca conseguiu pressionar o seu companheiro de equipa, com o rali a ficar resolvido (logicamente salvo imponderáveis) logo no segundo dia: “Foi um grande rali. Primeiro de tudo eu gostaria de dar os parabéns à equipa, o Polo esteve excelente, e eu pude sempre forçar o andamento. Depois do meu erro na Suécia vim com fome de sucesso, e as coisas correram bem” disse o francês.
Já Jari-Matti Latvala, estava confirmado com o segundo lugar: “Foi um bom resultado de conjunto”, disse. Quem estava mais feliz era Thierry Neuville, que assegurou o primeiro pódio para a Hyundai: “É um super resultado, toda a equipa trabalhou muito bem, talvez eu não tenha mostrado ainda o desempenho que imaginavam, mas eu estamos a ficar melhor a cada rali que passa”. Elfyn Evans foi quarto, em mais um bom resultado para o piloto inglês, o mesmo sucedendo com Martin Prokop, que foi quinto: “Este resultado é fantástico para nós”
Benito Guerra Jr foi sexto na frente de Chris Atkinson, que não conseguiu melhor na estreia com a Hyundai: “Este era o nosso objectivo, uma vez que o tempo perdido no primeiro dia de ralis foi muito. Levámos o carro ‘gentilmente’ a cerca de 85%. das possibilidades”, disse. Kris Meeke abandonou na derradeira especial, em virtude de mais um despiste.

2166_SebOgier-Mexico-2014_034_896x504Ogier a caminho da vitória e Hyundai no primeiro pódio do ano
Na penúltima especial, a vitória foi para Jari-Matti Latvala perante o ‘olhar atento’ do líder Sébastien Ogier que se encontrava apenas 8,25 km do seu segundo triunfo do ano e dispunha de uma confortável vantagem de 1m10,8s sobre Latvala. Em excelente posição para causar verdadeira surpresa também estava Thierry Neuville.

Ogier passa teste decisivo dos 56 km
Sébastien Ogier estava cada vez mais perto de alcançar a sua segunda vitória consecutiva no Rally do México e de oferecer o terceiro triunfo do ano à Volkswagen. Na maior classificativa do Dia 3 (e também do rali), a exigente passagem por Guanajuatito, com 55,92 km, o francês foi o segundo mais rápido, atrás de Mads Ostberg, numa altura em que já não necessitava de forçar o andamento pois tinha 1m11,9s de vantagem sobre o seu companheiro de equipa, Jari-Matti Latvala. Na antepenúltima especial, nenhum dos pilotos mais conhecidos ficou pelo caminho mas foram vários a queixarem-se dos travões dos seus carros que foram perdendo eficácia. Um dos mais críticos foi Thierry Neuville. Contudo, como Elfyn Evans, o seu principal adversário na luta pelo terceiro posto, também os sentiu no Fiesta WRC melhor classificado da M-Sport, as posições acabaram por manter-se. Com alguma sorte pode contar Martin Prokop pois o checo fez um pião e por muito pouco não capotou, num deslize que esteve à beira de comprometer o quinto lugar que ocupava e a que, em condições normais, o local Benito Guerra já não teria acesso.
2165_MadsOstberg-Mexico-2014_168_592x333Ogier só precisava de controlar na última etapa
Terminada que estava a segunda etapa do Rally do México com a terceira prova do Mundial de Ralis votada à monotonia. Sébastien Ogier liderava o rali com 1m00,3s de avanço sobre o seu colega de equipa, Jari-Matti Latvala. Segundos suficientes para o finlandês ter referido à chegada da etapa que “preciso de um milagre para conseguir bater o ‘Seb’ (Ogier)”, enquanto o líder explicava que “não capotei por pouco num gancho, no último troço, depois de bater em algo que levantou o carro”.

Em todo o caso, Ogier caminhava para a sua segunda vitória do ano e também na prova mexicana, num dia onde a desistência de Mads Ostberg logo após a primeira classificativa colocava um ponto final na emoção e incerteza. O norueguês da Citroën deu um toque numa barreira, afetando a suspensão do DS3 e sendo obrigado a abandonar pouco depois, deixando caminho livre para nova dobradinha da VW.

Com Mikko Hirvonen, Kris Meeke e Robert Kubica atrasados na classificação, brilhava Thierry Neuville que colocava o Hyundai i20 WRC na terceira posição (apesar de não estão satisfeito com a afinação dos diferenciais). O belga tinha 47s de vantagem face a Elfyn Evans, também ele muito consistente mas a preferir não arriscar demasiado, preservando um quarto lugar muito positivo para quem se estreava na prova.
Martin Prokop ocupava o quinto lugar, à frente do local Benito Guerra, que se estreava num Fiesta WRC, enquanto Chris Atkinson após duas etapas com diversos problemas mecânicos no i20 WRC situava-se na sétima posição, tendo a mais de 3m30s Hirvonen que, tal como Meeke, estava agora a fazer um rali de trás para a frente.
neuvilleClassificação Online

CLIQUE  no logoLogo Rally Mexico 2014

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

INFO > Rally de Portugal

Esteja bem informado das últimas do Vodafone Rally de Portugal 2014,
Clique no banner:

VRP 2014xx

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Guanajuatito (última etapa) poderá ditar a vitória de Ogier no México!

Logo Rally Mexico 2014

Está terminada a segunda etapa do Rally do México votada a monotonia… Sébastien Ogier lidera o rali com 1m00,3s de avanço sobre o seu colega de equipa, Jari-Matti Latvala. Segundos suficientes para o finlandês ter referido à chegada da etapa que “preciso de um milagre para conseguir bater o ‘Seb’ (Ogier)”, enquanto o líder explicava que “não capotei por pouco num gancho, no último troço, depois de bater em algo que levantou o carro”.

VW mexicoEm todo o caso, Ogier caminha para a sua segunda vitória do ano e também na prova mexicana, num dia onde a desistência de Mads Ostberg logo após a primeira classificativa colocou um ponto final na emoção e incerteza. O norueguês da Citroën deu um toque numa barreira, afetando a suspensão do DS3 e sendo obrigado a abandonar pouco depois, deixando caminho livre para nova dobradinha da VW.

latvala mexicoCom Mikko Hirvonen, Kris Meeke e Robert Kubica atrasados na classificação, brilhou Thierry Neuville que colocou o Hyundai i20 WRC na terceira posição (apesar de não estão satisfeito com a afinação dos diferenciais), preparando aquela que poderá ser a primeira festa do pódio da equipa sul-coreana, sedeada na Alemanha. Para já, o belga tem 47s de vantagem face a Elfyn Evans, também ele muito consistente mas a preferir não arriscar demasiado, preservando um quarto lugar muito positivo para quem se estreia na prova.

Martin Prokop ocupa o quinto lugar, à frente do local Benito Guerra, que se estreia num Fiesta WRC, enquanto Chris Atkinson após duas etapas com diversos problemas mecânicos no i20 WRC situa-se na sétima posição, tendo a mais de 3m30s Hirvonen que, tal como Meeke, está agora a fazer um rali de trás para a frente.

 Hoje disputa-se a derradeira etapa quatro troços apenas, mas um deles – Guanajuatito – apresenta a respeitável quilometragem de 55,92 km pelo que muita coisa pode ainda acontecer...

Classificação Online:

Logo Rally Mexico 2014CLIQUE NO LOGO

 

 

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Ogier primeiro > Ott Tanak a 0,3s!

Logo Rally Mexico 2014

Enquanto a Europa ‘dormia’, do outro lado do Atlântico, iniciava-se o Guanajuato Rally do Mexico, com a sua primeira Superespecial da prova – a Monster Street Stage Guanajuato – a coroar Sébastien Ogier como primeiro líder da terceira prova do WRC.

O piloto da VW foi o mais rápido a cumprir os 1,01 km de uma Superespecial citadina que, mais uma vez, registou a presença milhares de espectadores e se revelou muito escorregadia, em parte também, pelo facto das equipas utilizarem os set ups de terra para cumprirem um troço de asfalto.

ogier mexico01Ganhando 0,3s a Ott Tanak, que foi segundo e a principal surpresa, já que está a disputar a prova ao volante de um Ford Fiesta R5 e não de um WRC, Ogier partirá, ainda assim, em segundo para a primeira verdadeira etapa do rali (pois a classificação da Superespecial não altera a ordem de partida para a primeira etapa), naquela que poderá ser uma posição vantajosa face à de Jari-Matti Latvala (5ª neste primeiro troço) que, por liderar o campeonato, terá que ‘limpar’ a estrada, a partir da segunda classificativa.

Na Monster Street Stage Guanajuato, os primeiros cinco classificados ficaram separados por menos de um segundo já que depois de Tanak, a 0,3s de Ogier, Mikkelsen classificou-se em terceiro, perdendo 0,4s para Ogier, Kris Meeke foi quarto (e o melhor Citroën), somando um atraso de 0,6s para o líder e Latvala fechou o Top 5, a 0,8s do seu companheiro de equipa.
VW mexicoThierry Neuville revelou-se como o melhor representante da Hyundai, alcançando o sexto lugar, enquanto o seu companheiro de equipa, Chris Atkinson foi o único dos pilotos oficiais, a enfrentar problemas quando o i20 WRC ficou parado cerca de 20s logo a seguir ao arranque para a Superespecial.

Agora o rali prossegue com uma longa primeira etapa, que tem em agenda a disputa de mais 10 especiais.

Classificação:

1º Sébastien Ogier (VW Polo R WRC)     52,9s

2º Ott Tanak (Ford Fiesta R5)     a 0,3s

3º Andreas Mikkelsen (VW Polo R WRC)              a 0,4s

4º Kris Meeke (Citroën DS3 WRC)           a 0,6s

5º Jari-Matti Latvala (VW Polo R WRC)   a 0,8s

6º Thierry Neuville (Hyundai i20 WRC)   a 1,1s

7º Mads Ostberg (Citroën DS3 WRC)      a 1,3s

8º Mikko Hirvonen (Ford Fiesta WRC)   a 1,4s

9º Robert Kubica (Ford Fiesta WRC)       a 1,7s

10º Luca Bertelli (Ford Fiesta RRC)           a 1,7s

 

 

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Apresentação do Vodafone Rally de Portugal 2014

 

logos Rally de Portugal 2014A Conferência de Imprensa de apresentação do Vodafone Rally de Portugal, terá lugar na próxima terça-feira, 11 de março, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé.

Esta apresentação oficial, contará com a presença do vice-presidente do ACP, Mário Martins da Silva, do diretor da prova, Pedro Almeida, e do presidente da CM de Loulé, Vítor Aleixo. Neste momento, para além da apresentação da edição deste ano da prova, será igualmente apresentado um estudo sobre o impacto económico na região da edição transata deste evento, realizado pela Universidade do Algarve.

Refira-se que o Vodafone Rally de Portugal vai para a estrada de 3 a 6 de abril, e contará este ano com algumas novidades. O Estádio Algarve voltará a ser o “quartel-general” de toda a logística do evento que é um dos mais importantes acontecimentos desportivos realizados no nosso país.

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally

A22 > Fórum Algarve/Andaluzia: 2 anos de portagens – uma PPP ruinosa para o Algarve!

iiForumPortagens_web1

Cerca de dois anos depois da introdução de portagens na Via do Infante pelo atual governo e com o agravamento da crise, o Algarve encontra-se à beira do desastre social e económico – dezenas de milhares de desempregados, centenas de falências de empresas, a fome e a miséria alastra como bola de neve, os acidentes de viação na EN 125 sucedem-se diariamente, vários com feridos e vítimas mortais ao longo destes dois anos.

Enquanto importantíssimas variantes já não vão ser construídas, as obras de requalificação da EN 125 continuam totalmente paradas e são objeto de chantagem por parte do governo, pela voz do Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro. Este governante, na sua recente deslocação ao Algarve, afirmou que se as obras de requalificação avançarem por força de um “resgate” das mesmas por parte do Estado, então já não haverá verbas para investir na electrificação da linha férrea do Algarve! Uma posição inqualificável de chantagem e de demagogia! Por outro lado, ao acenar com a redução do preço das portagens não passa de mais uma manobra eleitoralista, tanto mais que afirma que “o preço vai ser cobrado desde o primeiro até ao último quilómetro sempre que haja alternativa”. E o governo considera que a EN 125 apresenta-se como alternativa à A22! Ou seja, pior a emenda que o soneto, pois os utentes irão pagar muito mais pelas portagens!

De acordo com a lei que fizeram publicar, os governantes afirmaram que não havia lugar a portagens na Via do Infante, enquanto não estivesse concluída a requalificação da EN125! Afinal mentiram são Algarve, tal como já tinham mentido anteriormente quando diziam que portagens na região “nunca”! É chegada a altura de cumprir o prometido e a própria lei! Os cidadãos e os utentes têm de exigir ao governo que, pura e simplesmente, cumpra a lei que publicou!

Por outro lado, torna-se necessário que o contrato de concessão da PPP da Via do Infante seja tornado público, pois mesmo com a cobrança de portagens o erário púbico está a ter um prejuízo de muitas dezenas de milhões de euros transferidos diretamente para os bolsos da concessionária. Trata-se de uma PPP ruinosa e que deve ser anulada quanto antes pelo governo invocando interesse público.

Para debater todas estas matérias de elevado interesse para o Algarve, a Comissão de Utentes da Via do Infante com o apoio e colaboração da Câmara Municipal de Loulé e do Moto – Clube de Faro, vai promover um “Fórum Algarve/Andaluzia: 2 anos de portagens – uma PPP ruinosa para o Algarve”, no próximo dia 22 de Março, a partir das 15.00 h, em Loulé, na Sala de Conferências do Núcleo Empresarial do Algarve (NERA).

Trata-se do II Fórum a debater as portagens e as suas consequências na região. A Mesa do Fórum será constituída pelos seguintes oradores: Vítor Aleixo, Presidente da Câmara Municipal de Loulé; João Vasconcelos, membro da CUVI e Vereador na Câmara Municipal de Portimão; Jorge Botelho, Presidente da AMAL; Desidério Silva, Presidente da Região de Turismo do Algarve; António Ponce, Presidente da Federação Onubense de Empresários de Huelva (FOE) e Paulo de Morais, Vice-Presidente da Associação Transparência e Integridade. Espera-se a presença de muitas outras entidades do Algarve e da Andaluzia, incluindo Presidentes de Câmara, os Deputados eleitos pela região e os Alcaides de Ayamonte e de Huelva.

O tempo agora é de debate com a finalidade de constituir uma ampla plataforma da sociedade civil do Algarve que conduza à suspensão das portagens na Via do Infante. A seguir, a luta sairá de novo à rua, espera-se muito mais forte.
A Comissão de Utentes apela à participação do maior número de pessoas neste importante espaço de discussão.

(A Comissão de Utentes da Via do Infante)

APOIAMOS! APOIAMOS!

Deixe o seu comentário

Filed under Fanáticos do Rally