Dakar: Carlos Sousa > “Peterhansel só tem de andar a 70 por cento”

Aproxima-se a passos largos mais uma edição do Dakar, cuja apresentação detalhada daremos conta aqui no site ainda esta semana. Com Hélder Rodrigues a aproximar-se cada vez mais do “título” das motos, este ano, a questão nos autos vai ser um pouco diferente, já que com a ausência da Volkswagen o favoritismo vai para a MINI, com o ligeiro senão dos MINI ainda não terem o mesmo nível de fiabilidade dos Race Touareg.

“Sem os Volkswagen, acredito que o (Stéphane) Peterhansel só precisará de andar a 70 por cento para ganhar”, defende o piloto português, quarto classificado em 2003 e sexto (e melhor privado) na última edição. “Em condições normais, o Holowczyk e o Nani Roma não têm forma de discutir a vitória com o Peterhansel, e a própria fiabilidade dos MINI não é tão forte como era nos Volkswagen. Por isso, podem surgir surpresas nos lugares do pódio, por exemplo, o de Viliers com a Toyota da Overdrive.

No nosso caso, vamos tentar aumentar o ritmo gradualmente, mas sem perder o contacto nos primeiros dias. O objetivo da equipa é melhorar o 19º lugar do Zhou Yong em 2005, mas eu acredito que se a fiabilidade estiver resolvida, vamos rodar dentro do top 10.”

(Auto Sport)

Deixe um comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s