“bronkite made in Dakar 2012” > Vitórias francesas com “mão” da ASO…

“Parlez vou français?” ou o Dakar mais polémico dos últimos anos…

A história data de há mais de 2000 anos num dia em que se festejava a “boa deusa” em casa de Júlio César, num escândalo que correu Roma e levou César a divorciar-se de Pompeia, sua mulher…

Na altura ficou famosa a frase “À mulher de César não basta ser, terá que parecer” e este ano a ASO, organizadora do Dakar, passa por algo parecido, depois de decidir penalizar Robby Gordon devido a um sistema de enchimento dos pneus do Hummer que já vinha de anos anteriores. Terá tido algo a ver que este ano Gordon estava mais do que nunca perto da frente da corrida e de bater o francês Stéphane Peterhansel? Boa pergunta para fazer à ASO. Como é que um sistema inspecionado e aprovado nas verificações técnicas é posteriormente alvo de penalização?

Mas a ASO não ficou por aqui e voltou (coincidência?) a dar a mão a um francês, no caso Cyril Després, quando decidiu anular o tempo perdido por este na oitava etapa. Talvez tenham achado que os concorrentes foram surpreendidos por algo inesperado e devia ter sido a organização a detetar o problema, mas se assim foi porque é que Paulo Gonçalves é penalizado em seis horas por ter sido rebocado pelo próprio diretor de prova? Por não ser francês?

(AS)

NOTA: assim não meus senhores…!

Advertisements

Deixe um comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s