Audi > faz história com vitória híbrida nas 24 Horas de Le Mans!

A Audi tem sido a grande inovadora técnica da última década nas 24 Horas de Le Mans, e hoje voltou a fazer história com a primeira vitória de um híbrido na prova. Depois da primeira vitória com um carro diesel em 2006, o R18 e-tron quattro é o primeiro vencedor híbrido e também de quatro rodas motrizes.

Foi um triunfo muito complicado para a Audi, que viu três dos seus quatro carros (inclusive o vencedor) sair de pista pelo menos uma vez, com o nº 3 a repetir a dose no mesmo local. Ainda assim, com o abandono dos dois Toyota TS030, seria praticamente impossível a Audi perder a prova.

Entretanto, graças a um forcing de Pedro Lamy na fase final, o piloto português conquistou finalmente o seu primeiro triunfo à classe em Le Mans, na categoria GTE-Am. Dividindo o volante do Corvette da Larbre com Patrick Bornhauser e Julien Canal, Lamy teve uma grande batalha com o Porsche da IMSA Performance Matmut.

A vitória foi para Marcel Fässler, André Lotterer e Benoit Tréluyer, que assim repetiram o triunfo de 2011. Durante algum tempo, o carro dos veteranos Dindo Capello, Allan McNish e Tom Kristensen foi um sério candidato à vitória, até McNish sair de pista, ficando sem a parte da frente da carroçaria. O R18 ultra de Marco Bonanomi, Oliver Jarvis e Mike Rockenfeller completou o pódio. O melhor não Audi foi o Lola-Toyota nº 12 da Rebellion Racing, que ainda assim terminou à frente do segundo Audi diesel.

Depois da vitória em Sebring, a Starworks Motorsport venceu a categoria LMP2 na sua estreia nas 24 Horas, com o Honda HPD ARX03b pilotado por Enzo Potolicchio, Ryan Dalziel e Franck Montagny. A equipa americana, que já tinha ganho as 12 Horas de Sebring, aproveitou os problemas da OAK Racing para passar para a frente da corrida e depois teve apenas que controlar a vantagem de meia volta sobre os Oreca-Nissan perseguidores, com a TDS Racing e Pecom Racing a completarem o pódio.

Nos GT, ao contrário das provas anteriores do Campeonato do Mundo de Endurance, quando chegou a manhã as posições ficaram praticamente definidas e já não houve espaço para lutar em pista. Depois de verem o seu carro reconstruído antes do início da corrida e de terem que partir do final da grelha, Giancarlo Fisichella, Gianmaria Bruni e Toni Vilander conquistaram a vitória para o Ferrari 458 Italia da AF Corse, com uma volta de avanço sobre o Ferrari da Luxury Racing. O Aston Martin oficial, que liderou a primeira fase da corrida, conseguiu recuperar até terceiro depois de ter perdido algumas voltas nas boxes.

Regressando aos GTE-Am, o Porsche da IMSA (que teve um furo nos últimos minutos) e o Ferrari da Krohn completaram o pódio. Depois de um fogo no carro, Rui Águas ainda levou o Ferrari da AF-Waltrip ao sexto lugar. Manuel Rodrigues, emigrante em França desde a infância, foi sétimo com o Ferrari da JMB Racing.

Piloto luso vence 24 Horas de Le Mans nos LM GTE AM

Pedro Lamy: “Esta vitória não é só minha é de todos nós”

Pedro Lamy venceu a sua classe na 80ª edição das 24 Horas de Le Mans. Depois de uma corrida imprópria para cardíacos, com uma luta intensa pela primeira posição a durar até ao final da prova, o piloto português acabou por levar a melhor, e ser o primeiro piloto a receber a bandeira de xadrez no mítico circuito de La Sarthe, entre os concorrentes da classe LM GTE AM.

Com um carro menos potente que o dos seus principais adversários, o piloto português levou a bandeira de Portugal ao degrau mais alto do pódio na categoria LM GTE AM da mais prestigiada e desafiadora prova de resistência automobilística internacional. Aos comandos de um Corvette C6-ZR1, em conjunto com Patrick Bornhauser e Julien Canal, os pilotos da Larbre Competition realizaram uma corrida exemplar, com o piloto português a conseguir nos momentos final, arrecadar a tão esperada vitória portuguesa em Le Mans: 

“Foi uma luta intensa ao longo das 24 horas de prova. Parecia mais uma corrida de “sprint”, onde tivemos que dar o máximo ao longo de toda a jornada. Foi uma corrida dura, mas com um sabor especial. Estou muito satisfeito com esta vitória e quero agradecer a todos o grande apoio que me têm dado ao longo de todos os momentos da minha carreira. Esta vitória não é só minha, é de todos nós”.

Deixe um comentário

Filed under Fanáticos do Rally

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s